“Criminalizar homofobia é acabar com a liberdade de expressão e religiosa”, diz Feliciano

Marco Feliciano

 

O deputado federal pastor Marco Feliciano (Podemos-SP) se manifestou em suas redes sociais sobre as ações que o Supremo Tribunal Federal (STF) deverá julgar nesta quarta-feira (13) sobre a criminalização da homofobia.

O parlamentar evangélico, se coloca contra a aprovação das ações e diz que os textos podem acabar com a liberdade de expressão e liberdade religiosa.

Contra a Ação de Inconstitucionalidade por Omissão (ADO) de número 26 proposta pelo Partido Popular Socialista (PPS), diversos parlamentares e líderes religiosos estão usando as redes para pressionar o STF a retirarem o texto de pauta.

A ADO diz que “todas as formas de homofobia e transfobia devem ser punidas com o mesmo rigor aplicado atualmente pela Lei de Racismo, sob pena de hierarquização de opressões decorrente da punição mais severa de determinada opressão relativamente a outra”.

Para Feliciano, se trata da nova PL 122, projeto de lei já arquivado que criminalizava opiniões contrárias a homossexualidade e punia, inclusive, a pregação de partes da Bíblia que condenam a prática.

“A mais nova estratégia para acabar com a liberdade de expressão e religiosa será julgada no STF no dia 13/02. a ADO 26 que torna QUALQUER tipo de ‘HOMOFOBIA’ crime de racismo! a nova PL122!”, escreveu Feliciano em seu Facebook.

 

FONTE: Gospel Prime

logo

Jovem tem recuperação milagrosa após retirada de tumor gigante do cérebro

 

A forma como Deus manifesta sua glória é singular e muitas vezes desafia o entendimento humano. Sem dúvida o jovem Dallin, filho Austin Rehl, agora entende isso melhor do que antes, após ter passado por uma cirurgia para a retirada de um tumor do tamanho de uma bola de golfe em seu cérebro.

“Comecei a ter períodos de dormência no lado esquerdo do meu corpo. Aquilo foi um pouco estranho, mas não achei que fosse nada sério”, disse ele, segundo informações do The Marietta Times.Com apenas 18 anos de idade, Dallin pensou que se tratava apenas de uma dor na cabeça. “Elas começaram a ficar mais frequentes e, com esses episódios, comecei a ter dores de cabeça do lado direito e eu pensava que fosse enxaqueca”, lembra o rapaz.

Com a permanência das dores, os sintomas logo chamaram atenção de um médico colega da família, que lhe recomendou fazer uma ressonância magnética. O exame mostrou em 23 de janeiro um tumor enorme no cérebro de Dallin.Ao invés de cair em desespero, a família do rapaz se manteve firme na fé em Cristo.

“Eu já havia decidido que não ficaria zangado com Deus se Dallin precisasse morrer por quaisquer objetivos eternos maiores que o Pai Celestial pudesse ter”, disse Austin, seu pai. “Eu já havia decidido que não sentiria amargura do Pai Celestial por isso”.

O mesmo ocorreu com Dallin, que buscou a Deus em cultos de oração e não se deixou abalar. Ele decidiu entregar sua vida nas mãos do Senhor e apenas confiar em seus propósitos eternos.

Como resultado, após fazer a cirurgia para retirada do tumor em 1º de fevereiro, no dia 8, praticamente uma semana depois, ele já estava tocando seu piano e cantando músicas, recuperado.

“Eu tinha fé de que estava preparado e hoje me sinto abençoado pelas circunstâncias que passei”, conclui o jovem.

 

Fonte: Gospel Mais

logo

Polícia turca encontra Bíblia de 1.200 anos nas mãos de contrabandistas

 

Historicamente, a Bíblia é o documento antigo mais bem preservado e confiável do mundo, não apenas pelo grande número de cópias em diferentes idiomas existentes, mas também pela qualidade dos manuscritos, idade e fontes arqueológicas de extrema precisão geográfica e histórica em conexão com seus relatos.

Até hoje, por exemplo, novos achados arqueológicos continuam fortalecendo o conjunto de evidências científicas em favor da historicidade do judaísmo e cristianismo, tal como os conhecemos através dos relatos bíblicos.

O Dr. Josh McDowell, autor da clássica série de obras apologéticas “Evidência que Exige um Veredito”, chegou a insinuar que a Bíblia é quem respalda os achados arqueológicos mais importantes da humanidade, e não o contrário, tamanha é a sua importância e nível de confiabilidade histórica.

Recentemente, por exemplo, a polícia turca encontrou nas mãos de contrabandistas uma Bíblia com pelo menos 1.200 anos de idade, sendo essa uma das mais antigas cópias já encontradas, reforçando o número de cópias que referendam os escritos autógrafos, isto é, os textos originais.

Ao todo, seis pessoas foram presas após supostamente tentarem vender o antigo manuscrito na província de Diyarbakir, no sudeste da Turquia.

Segundo informações do jornal britânico Independent, o exemplar encontrado não é da Bíblia completa, pois ele possui apenas 34 páginas, feitas com couro de animal, tendo também inscrições com detalhes em ouro. É possível que se trate de um resumo ou a cópia de alguns dos livros bíblicos. Essas informações, no entanto, ainda serão confirmadas.

A Turquia atualmente é o principal destino de artefatos arqueológicos contrabandeados do Oriente Médio, e por essa razão a polícia está investigando se a Bíblia encontrada foi contrabandeada através da fronteira da vizinha, Síria.

 

Fonte: Gospel Mais

 

logo

Ofertas

índice