Médico declara óbito, família ora e homem volta à vida

gari

O gari Ronaldo Martins de Souza, de 63 anos, foi protagonista de uma história curiosa, que se deu na cidade de Manaus, no Amazonas. Segundo o jornal A Crítica, o homem chegou a ser declarado morto, mas seus sinais vitais reapareceram.

De acordo com o jornal, o gari sofreu uma parada cardiorrespiratória e foi atendido por médicos no Serviço de Pronto Atendimento (SPA) Galileia, localizado na região norte do município. Nas tentativas de reanimação, Ronaldo respondeu a ação médica.

Rodrigo Custódio, médico que o atendeu, afirmou que a situação era delicada. “Chegou com o coração parado, sem sinais vitais e pupilas dilatadas. Nós imediatamente demos início à massagem de ressuscitação cardiopulmonar (RCP)”, disse.

“O quadro clínico evoluiu para das paradas (cardíaca) e começamos a utilizar o desfibrilador. Foi aproximadamente uma hora de reanimação com ele oscilando entre tendo pulso e não tendo”, contou.

Segundo ele, depois disso, a dilatação da pupila de Martins foi total, o que indicava morte cerebral. “Avisamos a família que ele tinha entrado em óbito. Foi um desespero!”, disse.

“A família entrou na sala de emergência e orou. Depois que saíram, na preparação para retirar os tubos, uma coisa que na medicina a gente não explica, observei nele a presença de pulso”, contou o médico.

Com os sinais de vida, os processos de reanimação foram retornados e, de acordo com o médico Custódio, o paciente retornou ao estado vital depois de cerca de 20 minutos do ocorrido.

“E voltou avidamente com os parâmetros vitais, pupila normal e pulso forte. Nesse momento, quando houve essa dádiva de Deus, nós restituímos e estabilizamos o paciente. E hoje [12] de manhã conseguimos transferi-lo para o Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio”, afirmou.

O genro de Ronaldo, José Neto, estava se organizando para o velório. “Estávamos correndo atrás do local para ser velado, o cemitério e a sepultura. A médica disse que ele tinha falecido para as três filhas dele e dois colegas de trabalho dele”, afirmou.

“Quando recebemos a notícia que ele voltou a ter pulso, mais ou menos meia hora depois, foi um choque. Um colega de trabalho dele chegou a desmaiar e as filhas deles começaram a chorar. Um desespero total e muita alegria”, contou o genro.

De acordo com José Neto, no Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio, o gari foi diagnosticado com edema cerebral. Por isso, terá que ficar cinco dias entubado. Mesmo assim, seu quadro clínico é estável. “Confiamos acima de tudo em Deus, pois para Ele nada é impossível”, concluiu.

 

Fonte: Gospel Prime

 

logo

Acesse

ConexaoJovem  Biblia online  CIBEMEL

Palavra do Pastor

"Existem gigantes que você terá que vencer sozinho, mas existirão gigantes que Deus levantará pessoas para lutar ao seu lado, porque a derrota não faz parte da promessa de Deus sobre tua vida!"

2 Samuel 21:15-16 

Pastor Presidente Wisley Menezes

 

 

 

   
Oferta ADMEL Horiz