Missionários cuidam de muçulmanos feridos em atentado

atentado

Alguns missionários cristãos estão trabalhando diligentemente em Lahore, Paquistão, no cuidado das pessoas afetadas pelo ataque terrorista ocorrido na Páscoa. A contagem oficial indica 72 pessoas mortas e pelo menos 320 feridos.

Quando um suicida se explodiu em um parque onde cristãos se reuniam, vários muçulmanos que estavam no espaço público acabaram sendo atingidos. O alvo eram as mulheres e crianças, que estavam em maioria no local, explicou o chefe de polícia de Lahore, Haider Ashraf.

O grupo extremista islâmico Jamaat-ul-Ahrar, uma dissidência do Talibã, assumiu a responsabilidade pelo atentado. “Reivindicamos a responsabilidade pelo ataque a cristãos que estavam celebrando a Páscoa”, afirmou o grupo em um comunicado. Até agora ninguém foi preso pelas autoridades do Paquistão, país onde menos de 2% da população professa o cristianismo.

Menos de três semanas depois, mais de 150 muçulmanos ainda estão precisando de cuidados hospitalares. O mesmo vale para cerca de 50 cristãos, sendo que 23 deles têm menos de 20 anos de idade. O diretor do ministério Christian Aid Mission explica que cerca de 50 muçulmanos e 18 cristãos estão em estado crítico, a maioria deles é criança.

A missão Christian Aid está oferecendo ajuda aos feridos e aos familiares dos mortos, independentemente de sua religião. Isso inclui visitas, aconselhamento, refeições e até ajuda para cobrir os custos médicos das vítimas.

A resposta da maioria dos muçulmanos tem sido muito boa. Isso inclui receberem orações dos missionários, algo que normalmente é recusada pelos islâmicos. Um dos missionários da Christian Aid, que prefere não se identificar, conta: “Estamos orando com todos. A cada dia tomamos um pastor diferente de uma denominação diferente”.

Seu desejo é que Deus use esse ministério para abrir os olhos daqueles que sofreram nas mãos de extremistas islâmicos para entenderem a verdade do Evangelho e o mandamento de Jesus de amarmos o próximo. “É uma expressão muito prática do amor de nosso Senhor para os outros, para que muitos possam vir a conhecer o seu Salvador”.

 

Fonte: Gospel Prime

logo