Hindus atacam família cristã, torturam marido e ameaçam queimar viva a sua esposa

2918000532 cristaos perseguidos no paquistao 770x458

 

A perseguição religiosa sofrida pelos cristãos na Índia não escolhe sexo, idade ou região. Quanto mais partidos ultra-nacionalistas se fortalecem no país, pregando a “pureza” cultural hindu e a rejeição de qualquer outra religião que não seja a miríade de crenças hinduístas, a intolerância religiosa também aumenta.

Um caso recente denunciado em um relatório da The Timothy Initiative (TTI), organização que monitora os índices de perseguição religiosa na Índia e auxilia os cristãos agredidos, demonstra como anda o nível de crueldade do radicalismo indu no sétimo maior maís do mundo.

Manoj e sua esposa, Geeta, ambos cristãos recém-convertidos ao Evangelho de Jesus Cristo, estavam na casa deles junto o filho do casal, uma criança pequena, quando foram surpreendidos por um grupo de radicais hindus que invadiu à residência e arrastou o pai de família para fora.

Sem seguida, a esposa e o filho de Manoj também foram levados para fora do recinto. “Desista de Cristo”, disse o líder do grupo radical. O cristão, no entanto, manteve a sua fé. Com isso, os hindus partiram para a violência física.

“Eles tinham cassetetes e golpeavam todo o corpo de Manoj, determinados a fazê-lo negar sua fé. Mesmo depois de ser espancado e ver sua família sofrer, Manoj não negou a Cristo”, afirma um membro da TTI.

Vendo que o cristão resistia, os hindus resolveram torturá-lo com simulações de afogamento, um dos piores métodos de tortura que existem. “Eles arrastaram Manoj até o lago, amarraram suas mãos atrás das costas para que ele não pudesse se defender, e começaram a empurrar a cabeça para baixo da água”, disse o observador da TTI.

Ainda assim Manoj manteve sua fé. Com isso, os hindus pegaram um galão de querosene, despiram parcialmente Geeta e ameaçaram queimá-la viva, caso ele não renunciasse a Cristo.

“Se você não negar a Jesus, vamos incendiar sua esposa e você a verá queimar até a morte”. gritou o líder hindu, segundo informações da God Reports.

Milagrosamente, no entanto, Deus fez com que Geeta e seu filho conseguissem escapar da visão dos radicias, fugindo pela selva. Ela conseguiu encontrar abrigo em uma das casas da região.

Os perseguidores foram atrás dela, porque sabiam que ela poderia ser o meio de fazer Manoj negar a sua fé, mas não conseguiram encontrá-la. Cansados da procura, o grupo se dispersou e algum tempo depois Manoj, Geeta e seu filho se reencontraram.

“A equipe de campo da TTI em sua região ouviu a história e imediatamente fez planos para visitá-los e encorajá-los com orações e assistência financeira, considerando que eles estavam agora permanentemente deslocados e haviam perdido tudo o que possuíam”, informou a organização.

 

FONTE: GOSPEL MAIS

   
Oferta ADMEL Horiz